Finanças: as aparências enganam
Banner
Photo Photo Photo
Home  //  Notícias  //  Artigos  //  Finanças: as aparências enganam
Finanças: as aparências enganam
Qua, 18 de Maio de 2005 00:00

Wilma Bianchi
Diretora Financeira

É impressionante e triste constatar que, apesar das determinações legais de várias contribuições sindicais, a arrecadação do SinBiesp ainda continua um fiasco. Digo isto porque há anos sou sindicalizada e acompanho o trabalho incessante da presidente do Sindicato no sentido de conscientizar cada vez mais nossos colegas, esclarecendo o que é ter um sindicato específico da nossa profissão, de categoria profissional liberal. Apesar de termos avançado nos últimos anos, ainda são poucos os colegas que realmente têm essa consciência, se levarmos em conta o tamanho da nossa categoria. Hoje integrando a Diretoria do SinBiesp e tendo a responsabilidade da Diretoria Financeira, vejo o quanto há ainda por fazer para que o profissional esteja atento no que se refere aos descontos em seu pagamento. Com exceção da anuidade, cujo pagamento é opcional, mas dá aos contribuintes um verdadeiro atestado de efetiva integração do profissional à sua categoria, as demais contribuições sindicais são obrigações previstas em lei (CLT, arts. 580, 585 e 513, "e") e devidas por todos os trabalhadores. É partindo daí que, pelas nossas estimativas, há uma soma muito grande de contribuições que o SinBiesp deixa de arrecadar - a despeito de os bibliotecários sofrerem os descontos em seus salários - e que são recolhidas indevidamente a outros sindicatos, ditos das categorias preponderantes.

Os bibliotecários encontram-se na categoria celetista de profissionais liberais. Isto significa que, por sermos poucos dentro das empresas, a maior parte delas acaba por não respeitar o fato concreto de que somos uma categoria já organizada e que não precisamos entrar no bolão da categoria preponderante. Além disso, as convenções do SinBiesp firmadas com os sindicatos dos empregadores são claras ao determinar que o bibliotecário deve ser beneficiado pela convenção que tiver mais vantagens, naquele ano, sem que por isso as contribuições sejam canalizadas para o sindicato preponderante. Para se ter uma idéia, não chega nem a 5% da categoria os profissionais que recolhem suas contribuições - sindical e assistencial, esta na ocasião do dissídio coletivo - para o Sindicato dos Bibliotecários, o sindicato de sua profissão. Daí eu pergunto: como é que poderemos avançar em nossas conquistas e sermos cada vez mais independentes?

Muitos colegas desconhecem que, pagando o boleto enviado todo ano pelo SinBiesp no mês de fevereiro, estarão livres do desconto de um dia de salário no mês de março de cada ano. No caso da contribuição assistencial, conclamo os colegas a ficarem atentos aos comunicados do SinBiesp e a participarem da assembléia entre julho e agosto, promovida pelo Sindicato justamente para definir qual o valor da porcentagem a ser recolhida em conseqüência das negociações coletivas.

Se você bibliotecário quer um sindicato forte, contribua corretamente. Assim fazendo, estará colaborando para que tenhamos cada vez mais uma entidade respeitada e uma categoria forte, o que irá refletir direta e indiretamente na sua própria imagem e valorização no mercado de trabalho.

 

PARA ASSOCIAR- SE

PARA ASSOCIAR- SE

Valor da anuidade 284,00.

Clique aqui p prencher cadastro e as condicoes p pagto.

JUSTIÇA DECRETA

JUSTIÇA DECRETA: QUEM NÃO CONTRIBUIR

COM O SINDICATO, NÃO TERÁ DIREITO

AOS BENEFICIOS DO ACORDO

Clique aqui para ler a integra

CONSULTE FGTS

consulta-saldo-fgts

Av. Nove de Julho, 40 - 6º andar - Conj 6F e 7º andar Conj 7G- CEP: 01312-000 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3242-0911 - Fax: 11 3237-1080